ir conteudo

Prefeitura Municipal de Malhador

Grande peregrinação marca o encerramento dos festejos de Santa Dulce dos Pobres em Malhador

A cidade vivenciou a primeira romaria a pé com presença expressiva de fiéis de todo estado


O município de Malhador vivenciou no último domingo, 28, a primeira peregrinação em devoção a Santa Dulce dos Pobres. A santa brasileira tornou-se co-padroeira do município há exato um ano, após a entronização da imagem na igreja matriz de São José, com anúncio feito na mesma data pelo arcebispo metropolitano de Aracaju, Dom João José Costa. 

As festividades que foram encerradas com a peregrinação tiveram início no dia 19 de agosto, com o novenário em preparação para o grande dia e teve como tema: “No amor e na fé, encontraremos as forças necessárias para nossa missão”. A programação também contou com um show oracional conduzido pelo Diácono Rômulo Canuto, no sábado, 27, logo após a procissão dos motoristas e santa missa clamando por cura e libertação.


img-5561_43073c35d89a4a16d84b8d.jpg

“Estou muito feliz com a realização desse evento que atraiu fiéis de todo o estado de Sergipe para o nosso município. Movimenta o comércio, turismo e acima de tudo, acende a fé e a esperança em dias melhores. A felicidade se torna maior, pois o primeiro milagre, no qual levou Santa Dulce a ser beatificada e reconhecido pela igreja católica, foi através da minha mãe Claudinha, e graças a intercessão do Anjo Bom do Brasil, eu tenho a minha mãe e o meu irmão comigo, para celebrar essa grande festa” comentou Assisinho, prefeito de Malhador.

 

img-5734_8d2385292677167939970d1.jpg

Com um percurso de 8 km, a peregrinação começou às 7h, partindo do povoado Candeias (Moita Bonita-SE), com a presença de milhares de fiéis que lotaram a rodovia SE-245 e culminou na matriz paroquial de Malhador por volta das 9h30, onde ocorreu a celebração dos devotos. Durante a tarde, por volta das 16h, mais uma procissão saiu pelas ruas do município e foi encerrada às 17h com a celebração de mais uma missa.“A terra do milagre que tornou Santa Dulce beata da Igreja católica celebrou com grande festa este momento de muita fé. Estou com o coração cheio de alegria com o êxito e proporção da nossa primeira peregrinação e com a esperança que em 2023 será ainda maior” comemora Pe. Adeilson Almeida, pároco da Paróquia São José e Santa Dulce dos Pobres.                         



                  img-5449_d092f24f75bdf12b204bf175a.jpg            img-5512-2_fcd8ecc34282b507f06c6a0f0f2.jpg         
                                 

Mapa do Site

Ampliar Fonte Reduzir Fonte Acessibilidade Contraste Mapa do Site Voltar ao Topo