ir conteudo

Prefeitura Municipal de Malhador

COPA MALHADOR DE FUTEBOL: FORÇA VERSUS PERSISITÊNCIA

Por Jilberto Oliveira


Malhador não tem praia, no entanto, pegar um bronze nas manhãs de domingo não é apenas privilégio dos que moram à beira mar ou daqueles que residem ao lado de um balneário. Afinal, estádio também é lugar adequado para se curtir um sol enquanto torce pelo time do coração. Alguém poderá argumentar que o tempo está muito quente e causa desconforto. Também concordo. Nesse caso, siga as dicas a seguir que vão lhe ajudar bastante. Coloque uma roupa leve, se possível, de cor clara; não esqueça de um chapéu ou boné sobre a cabeça; leve uma garrafa de água, você deve se hidratar; passe protetor solar nas partes expostas do corpo e, pronto, está solucionado o problema. Diante do exposto, não há desculpas, é só comparecer ao campo e conferir. Ah, estava me esquecendo! Para aqueles que gostam de tomar uma cervejinha, não é proibido, mas tem de levar de casa ou comprar lá, na banquinha de algum chegado. 

Nessa manhã de domingo (13), no Estádio Floro Alves de Araújo, aconteceu mais uma partida pela Copa Malhador de Futebol José Luiz de Oliveira, realização da Prefeitura Municipal, administração Assisinho. 

 Nessa partida de hoje, enfrentaram-se os times do Superman e o PSG do Adique. Quanto ao desempenho do Superman, até o início do jogo de hoje, tínhamos o seguinte resumo: estreou contra o Borussia, ganhando por 5x1 e, na segunda partida, empatou com o Tricolor por 1x1.

 A equipe PSG do Adique estreou na Copa, perdendo por 4x0 para o Tricolor Alecriense e, na segunda partida, ganhou de 5x1 da equipe do Guarani. 

O PSG veio escalado para enfrentar o Superman com os seguintes atletas: 

goleiro: Wellington; laterais (D): Cleiton e (E): Anderson; zagueiros: Dicuri e Rabugento; volantes: Jane e William; meias: Tempero e Vinícius e os atacantes: Fabinho e Daniel. O técnico é Cleiton, auxiliado por Marcos. Durante o decorrer da partida, houve as seguintes alterações: Cleiton foi substituído por Cledson; Fábio por Fernando e Vinícius por Alessandro. O atleta destaque da equipe nesta partida foi Wellington. Esse jovem goleiro teve uma grande atuação. Fez defesas incríveis, evitando que seu time fosse goleado pela forte artilharia do Superman. Porém, ao lado dele, apareceu outro que jogou uma barbaridade nessa manhã: o camisa 10, o atleta Daniel.  

O Superman, o time vitorioso dessa manhã, entrou em campo para enfrentar o SPG, com a seguinte escalação: 

goleiro: Neto; laterais (D): Fogão e (E): Gilmarques; zagueiros: Manu e José; volantes: Canção e Gegê; meias: Rodrigo e Mateus de Tita e os atacantes: Galeguinho e Madeirinha. O técnico é Dhone, auxiliado por Alan e Nem. Durante o decorrer da partida, houve somente uma alteração: Mateus de Tita foi substituído por Tiago. 

 Reza um dito popular que, em certos momentos, “da coragem se faz o tamanho da força”. Pura verdade. Assim que cheguei ao estádio nessa manhã, passei em frente ao vestiário do PSG do Adique e fiquei impressionado com o clima de otimismo que dominava os atletas daquele time. A única preocupação era a ausência de um jogador que faria muita falta se não comparecesse. No entanto, antes que o jogo iniciasse, ele chegou e o astral continuou em alta como estava na concentração e perdurou durante o jogo. Nem mesmo quando sofreu o único gol do adversário, o clima mudou. 

 No vestiário do Superman, estava tudo normal e a rotina era a mesma que ocorre antes de todas as partidas: brincadeiras entre os colegas e muitas gargalhadas. Enfim, muita descontração. Afinal, o Superman surgiu no campeonato como uma verdadeira seleção. Prova disso são os craques talentosos, de qualidade indiscutível, a exemplos dos atletas Gegê e Rodrigo. Mas também, existe a dupla experiente, formada por Galeguinho e Mateus de Tita, autor do único gol do time.  Bem, há muitos outros dignos de serem mencionados pela qualidade, porém, vou me limitar as esses aí, por enquanto, mas todos eles estão de parabéns. O que importa mesmo foi o conjunto que atuou, levando o time a mais uma vitória. Final da partida deste domingo, Superman 1x 0 PSG.  

 Com o apito final dessa partida, em que se enfrentaram o PSG e o Superman, encerrou-se mais uma etapa da Copa Malhador de Futebol. Porém, foi encerrado apenas um capítulo de uma série de clássicos do nosso esporte favorito. Se você ainda não veio ao campo, venha! Afinal, para assistirmos a uma linda cena, semelhante a esta: “Tabelou, driblou dois zagueiros / Deu um toque driblou o goleiro / ... Foi um gol de classe / Onde ele mostrou sua malícia e sua raça”, narrada na música Fio Maravilha de Jorge Bem Jor, cantada por Maria Alcina, durante o Festival Internacional da Canção, deverá comparecer ao estádio, sim. Venha conferir ao vivo e, depois, para saber os pormenores de tudo, acesse o site www.malhador.se.gov.br e leia minhas crônicas. Está dado o recado. Missão cumprida. Até a próxima! 

 


Outras crônicas

Mapa do Site

Ampliar Fonte Reduzir Fonte Acessibilidade Contraste Mapa do Site Voltar ao Topo