ir conteudo

Prefeitura Municipal de Malhador

COPA MALHADOR DE FUTEBOL: ENFRENTAMENTO DOS IRMÃOS

Por Jilberto Oliveira


Os enfrentamentos fazem parte da vida. Às vezes, ocorrem onde menos se esperam. Pode ser entre vizinhos, amigos e até com irmãos. Existe o bom e o mau. Depende dos objetivos dos conflitantes. Aqui, está sendo empregado de forma positiva. É apenas uma introdução para falar do jogo que ocorreu agora há pouco entre dois times irmãos de uma mesma comunidade: Borussia e Tricolor Alecriense. Ambas as equipes são do Povoado Alecrim. O Tricolor é o mais velho, nasceu em 2005, criou asas e já decolou; o Borussia está engatinhando, tem apenas dois anos, incompletos, já está pondo as asinhas de fora. 

Começaremos narrando essa briga de irmãos pelo Borussia. Até antes desse último jogo, a situação era a seguinte: estreou contra o Superman e foi derrotado por 5x1; na segunda partida, em um jogo equilibrado, enfrentou o Guarani e perdeu pela segunda vez por 1x0. Hoje teve a sorte de desafiar o irmão mais velho, forte candidato a ser campeão desta Copa, mas não se deu bem, foi derrotado por 2 x 0.

Ao começar esse jogo, a equipe Tricolor estava em situação muito confortável. Para ser mais claro, classificado para a fase posterior. No retrospecto do time, tínhamos o seguinte resumo: estreou com vitória por 5x0 contra o Guarani; ganhou de 4x0 do PSG na segunda partida e, na última quinta-feira, empatou em 1x1 contra o Superman. 

A equipe do Borussia a qual perdeu para o Tricolor, entrou em campo com a seguinte escalação:

goleiro: Maik; laterais (D): Anderson e (E): Joaldo; zagueiros: Sérgio e Luciano; volantes: Reinam e Mateus; meias: Marquinho e Demi e os atacantes: Tonho e Cleiton. O técnico é Tony, auxiliado por Luciano. Durante o decorrer da partida, houve as seguintes alterações: Tonho foi substituído por Kauã; Reinan por Douglas e Anderson por Adelvan. Os atletas destaques da equipe nesta partida ficaram conta de Maik, o goleiro, e de Demi, um jogador veterano que ainda tem fôlego de adolescente.

 Já o Tricolor veio guarnecido com os seguintes atletas para enfrentar o Borussia.

goleiro: Geovanni Sales; laterais: (D): Aerton e (E): Vítor Hugo; zagueiros: David e Marquinhos; volantes: Dai e Cleverton; meias: Ricardo e Jhony Cley e os atacantes: Fael e Fernando Pita. O técnico é Flavinho, auxiliado por Tonho. Durante o decorrer da partida, houve as seguintes alterações: Geovanni Sales foi substituído por João Paulo; Fernando Pita por João Vítor; Vítor Hugo por Henrique; Aerton por Kuta e Aldair por Jhone Alves. Os atletas destaques da equipe nessa partida, de forma incontestável, foram das duplas: os zagueiros David e Marquinhos, formando uma zaga tão afinada que está sendo considerada uma das melhores de todo o campeonato e, a outra, formada por Ricardo e Jhony Cley, criadores das jogadas ofensivas contra o adversário. Contudo, merecem destaque também os autores dos gols desta noite: O veterano Fael marcou o primeiro e o jovem atleta João Vítor, com assistência de Jhone Alves, marcou o segundo. 

 Pra ser sincero, não é fácil comentar sobre um duelo de irmãos. Todo mundo sabe que parentes são sempre assim. Brigam hoje e amanhã estão de bem. Eu sou de fora. Então, é bom ficar só à parte, observando. Vá que esse Borussia cresça e se torne forte como o irmão! O que é que vou falar? Ora, quem é pequeno hoje, um dia cresce.  Então, desse jeito, deixa pra lá. Eles que se entendam, pois têm o mesmo grau de parentesco. Só pra encerrar, deixarei este pensamento que diz o seguinte: “Se até em famílias há brigas, que dirá no meio de desconhecidos”. 

No final da briga de irmãos, no Estádio Floro Alves de Araújo, pela Copa Malhador de Futebol José Luiz de Oliveira, venceu o mais forte: Tricolor Alecriense 2 x 0 Borussia. Aguardemos o próximo duelo! Agradecimentos e até amanhã!  


Outras crônicas

Mapa do Site

Ampliar Fonte Reduzir Fonte Acessibilidade Contraste Mapa do Site Voltar ao Topo